Now Club | Ser Professor
ingles, curso de ingles, business english, corporate english, ingles para empresas, ielts, cambridge, curso de preparação, curso online, juridic english, ingles juridico, ingles barato, ingles rapido, aulas de ingles, ingles online, exames de cambridge, curso de preparação para exame de cambridge, ielts, curso ielts, preparacao para ielts,
21629
post-template-default,single,single-post,postid-21629,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,select-theme-ver-2.1,wpb-js-composer js-comp-ver-4.12,vc_responsive
 

Ser Professor

Ser Professor

O assunto “Professor” é sempre um tema quente em Portugal. Divide opiniões, cria facções e respectivos atritos.
Por um lado temos os próprios professores que alegam falta de condições e de respeito, não sentindo apoio por parte de uma entidade governamental e cujo grande pilar que mantém toda a estrutura e sanidade mental é o amor pelo ensino. Por outro, temos um governo que industrializa a profissão, aplicando um darwinismo onde a seleção (muito pouco natural) é baseada em exames e papéis que ditam então se o professor está apto ou não a leccionar.
Creio antes de mais estarmos todos de acordo que Guerras não geram Paz. Repare que ao longo do que escrevi anteriormente não existe espaço para a palavra aluno.
Existe uma grande diferença, crucial para este caso, entre professor e erudito! Pessoalmente, tenho a ideia de que o apogeu de qualquer percurso académico é atingir o estatuto de “professor universitário” (Aposto que até o brilho do seu computador aumentou quando leu isto). Se estiver certo, posso então concluir que quem mais conhecimento tem mais apto está para ser professor? …Nunca quis tanto estar errado!
Um professor é, em minha opinião, um transmissor da informação e conhecimento e não um sábio. Aliás, sábio não, pois esse saberia o que fazer com o conhecimento! Erudito, então! Expliquem-me qual a razão pela qual a aprovação para carta de condução é composta por exame de código (teoria) e de condução (prático)… Para o condutor não colocar os outros em perigo? E não considera perigoso existir cada vez mais população com cursos superiores mas com qualquer aptidão social, humana, prática!
Um professor tem que ser um ser humano de excelência! Seguro, feliz, preocupado com o outro. É alguém que percebe o impacto de uma palavra positiva e o dano causado por uma palavra negativa. É alguém com uma missão de munir quem ouve de energia, segurança, vontade… confiança!
Não creio que haja papel algum capaz de mensurar esta aptidão, a meu ver, vital para se SER professor.
No Comments

Post a Comment